Quer me entender? Viva cada segundo!

domingo, 28 de novembro de 2010


Há certas horas, horas de angústia, talvez tristeza - lembro de um provérbio popular que diz: "-As nuvens podem encobrir o Sol, mas elas passam, e o Sol volta a brilhar!" gosto de ser meio que misterioso... Gosto de teatro, apesar de não ter ido muito neles, admiro a arte, a criatividade, a comunicação, os tons. Os sons...
Há uma música, de uma "grande" banda de Rock, dos anos 80, chamada LEGIÃO URBANA, que quando penso em um amigo, ou uma pessoa que eu esteja sentindo saudades naquele momento...METAL CONTRA AS NUVENS...
"E nossa história não estará, pelo avesso assim, sem final feliz. Teremos coisas bonitas pra contar. E até lá vamos viver, temos muito ainda por fazer, não olhe pra trás, apenas começamos... Tudo começa agora, apenas começando. O mundo começa agora, apenas começamos."

(Metal Contra as Nuvens - Renato Russo)

0 reviews:

Postar um comentário


'Eu vivo à espera de inspiração com uma avidez que não dá descanso. Cheguei mesmo à conclusão de que escrever é a coisa que mais desejo no mundo, mesmo, mais que amor.'

Followers

Pages


'A maldição de pensar fez suas vítimas: em minha geração, vi muitos poetas se transformarem em críticos, teóricos, professores de literatura' Leminski



Minha foto
Rubia M.
"Eu - eu não sei muito bem, Senhora, no presente momento - pelo menos eu sei quem eu era quando levantei esta manhã, mas acho que tenho mudado muitas vezes desde então. Receio que não possa me explicar, porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas... Mas não posso explicar a mim mesma."
Visualizar meu perfil completo

Search box

Footer

About Me


'Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada...Porque no fundo a gente não está querendo alterar coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro...'

Tecnologia do Blogger.

About Me

Minha foto
"Eu - eu não sei muito bem, Senhora, no presente momento - pelo menos eu sei quem eu era quando levantei esta manhã, mas acho que tenho mudado muitas vezes desde então. Receio que não possa me explicar, porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas... Mas não posso explicar a mim mesma."